6 de setembro de 2022

Parceria da TPF com Escola Oswaldo Lima Filho leva reforço escolar de matemática para estudantes

Na manhã desta terça-feira (06/09) foi realizada a aula inaugural do Projeto Somar, que tem por objetivo promover aulas de reforço da disciplina de matemática para os estudantes do 9º ano do ensino fundamental. A iniciativa é uma parceria da TPF Engenharia com a Escola Oswaldo Lima Filho, escola municipal localizada no bairro do Pina, vizinha à Sede da TPF.

Prestes a concluir o ensino fundamental e ingressar no ensino médio, os alunos irão aprimorar suas habilidades com cálculos durante o reforço escolar, e assim, estarão mais preparados para realizar as provas de seleção das escolas técnicas do estado, maior objetivo da maioria deles. Inicialmente, estão inscritos 21 alunos que terão aulas semanalmente com dois professores, sob supervisão de Wilton Araújo, membro do Instituto Qualidade no Ensino (IQE).

Emilly, de 14 anos, acredita que o reforço irá auxiliar na conquista para a desejada vaga na escola técnica. “Achei o projeto inovador, porque vai nos ajudar a tentar escolas como as ETEs, IFPE, e até mesmo ajudar no ENEM”, disse.

A parceria com a escola foi iniciada em 2019 através do Projeto Compaixão, que, juntamente à antropóloga Mônica Pedrosa Rangel, leva ações que unem arte, meditação, filosofia, dinâmicas de grupo e rodas de conversa, a fim de trazer uma convivência diária mais amorosa e compassiva entre alunas, alunos, professoras e professores. Durante a pandemia os encontros continuaram via videoconferência, e deu um suporte direto ao corpo docente da escola.

Para Verônica Taveira, coordenadora pedagógica da unidade de ensino, a parceria firmada com a TPF tem trazido muitos benefícios para a melhoria dos docentes e discentes do Oswaldo Lima Filho. “Os alunos estão muito prejudicados [em matemática], por conta da falta de professor. Percebemos isso na fala deles. E o reforço vai ser muito importante, vai acrescentar um pouco nessa falta, na questão de conteúdo, e trazer segurança para participar das seleções que eles vão enfrentar mais tarde, no fim do ano”.

    Estudantes da Escola Municipal Oswaldo Lima Filho durante aula inaugural do Projeto Somar
    Estudantes da Escola Municipal Oswaldo Lima Filho durante aula inaugural do Projeto Somar
    Aula inaugural do Projeto Somar
    Aula inaugural do Projeto Somar: Carlos Alberto, Wilton Araújo e Bruna Mirelle, professores de matemática do projeto

    Eu vi que a universidade é uma oportunidade de mudar de vida e está acessível a todos vocês, basta se esforçar

    Carlos Alberto, estudante de Matemática da UFRPE e professor do Projeto Somar

    Vejo a educação como uma grande troca e a possibilidade de transformar vidas

    Bruna Mirelle, estudante de Matemática da UFRPE e professora do Projeto Somar