• Cerca de 71 km de extensão
  • +70 municípios beneficiados
  • +2 milhões de pessoas beneficiadas

Especialidade

Recursos Hídricos

Área de atuação

Supervisão e fiscalização

Abrangência

Agreste de Pernambuco

Período

2018 a 2021

Escopo

Supervisão das obras do sistema de infraestruturas do Ramal do Agreste.

Considerada uma das maiores obras hídricas em execução no Brasil, o Ramal do Agreste é um sistema de infraestruturas projetadas para captar água no eixo leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF) e distribuir para cerca de 70 municípios do Agreste Pernambucano, proporcionando uma maior segurança hídrica para mais de 2 milhões de residentes dessa região – atingida por secas prolongadas.

A TPF Engenharia se orgulha por ser líder do consórcio de empresas responsáveis por supervisionar as obras desse sistema que possui cerca de 71 km de extensão e inclui canais, sifões, túneis, barragens e adutoras.

Para conferir maior eficiência ao processo de supervisão dos trechos da obra, a TPF Engenharia implementou um processo de controle de qualidade auxiliado por voos autônomos de drones. A partir de aplicativos como o DroneDeploy e o Map Pilot for DJI – Business foi possível planejar voos automatizados sobre as coordenadas de projeto com o objetivo de capturar fotografias aéreas dos serviços em execução. Os registros fotográficos permitiram que a equipe analisasse os dados de campo de forma remota, identificando não conformidades e tomando as devidas ações reduzindo o tempo de reparo e custos decorrentes.

Equipamento utilizado: Drone DJI Mavic Pro.
Equipamento utilizado: Drone DJI Mavic Pro.

Depois de analisar vários relatórios, as engenheiras e engenheiros da TPF Engenharia identificaram padrões e implementaram outra tecnologia para otimizar ainda mais os serviços. Ao combinar dados provenientes de voos autônomos de drones ao machine learning, subcampo da inteligência artificial, a equipe treinou um algoritmo capaz de avaliar fotos desse tipo de obra e rapidamente identificar não conformidades. Em seguida, foi elaborado um programa para aplicar o algoritmo em questão em diversas fotos capturadas ao longo dos vários quilômetros da obra, tendo como resultado a geração automática de relatórios de não conformidades. Com isso, foi possível garantir uma grande economia de tempo entre a identificações dos problemas e as ações de correção em campo.

Este projeto, um dos primeiros realizados pela TPF Engenharia com uso de inteligência artificial, demonstra que a engenharia tem muito a ganhar com ferramentas inteligentes e há muito espaço para inovação. Por isso, buscamos aumentar cada vez mais os níveis de eficiência, controle de qualidade e rastreabilidade de nossas operações. Inovar para criar valor para a sociedade: é assim que estamos construindo o mundo, cada vez melhor.

Fotos de um dos trechos do Ramal do Agreste durante visita.
Fotos de um dos trechos do Ramal do Agreste durante visita.
Fotos de um dos trechos do Ramal do Agreste durante visita.
Fotos de um dos trechos do Ramal do Agreste durante visita.

Principais atividades desenvolvidas:

  • Padronização de processo para o controle de qualidade auxiliado por voos autônomos de drones
  • Planejamento de coordenadas para captura de fotografias dos trechos supervisionados;
  • Pré-análise das fotografias através de uma plataforma de inteligência artificial e machine learning
  • Treinamento do algoritmo para rapidamente identificar problemas de não conformidades nas fotografias capturadas
  • Elaboração de um programa na linguagem Python para avaliar as fotografias e gerar relatórios automatizados
É surpreendente acompanhar os avanços das tecnologias, pois tempos atrás a ideia de uma máquina raciocinar de forma similar a um ser humano parecia bastante distante da realidade. Contudo, através da aplicação da Inteligência Artificial no Ramal do Agreste é possível exemplificar essa prática e os diversos ganhos atrelados a ela. Vale também destacar que o desenvolvimento do trabalho só foi viável em virtude da TPF Engenharia ter como política o incentivo à inovação e aplicação de novas tecnologias em seus produtos.

Bárbara Vilar, Assistente de Corporação