A TPF Engenharia, em atendimento à Iguá Saneamento no Rio de Janeiro, concessionária que oferece serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário, está elaborando os projetos básicos para melhorias da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Barra da Tijuca, pertencente ao Sistema de Esgotamento Sanitário do Município do Rio de Janeiro. O projeto compreende a concepção otimizada das etapas de tratamento preliminar e primário, entre outros processos.

A estação é a principal unidade operacional da Iguá na cidade. A vazão máxima da primeira etapa é de 3,5 m3/s e, para o final do projeto, será de 5,3 m3/s, chegando a atender aproximadamente 1,4 milhões de habitantes do local.

A região atendida pela concessionária abrange os bairros de Anil, Barra da Tijuca, Camorim, Cidade de Deus, Curicica, Freguesia, Gardênia Azul, Grumari, Itanhangá, Jacarepaguá, Joá, Pechincha, Recreio dos Bandeirantes, Tanque, Taquara, Vargem Grande e Vargem Pequena.

O projeto engloba o aproveitamento das instalações existentes e a otimização no dimensionamento dos processos, visando minimizar problemas e apontar soluções que promovam o melhor funcionamento da estação com a incorporação de melhorias. A TPF Engenharia tem como prioridade a execução do projeto em consonância com as questões operacionais, requisitos ambientais e as exigências tecnológicas e econômicas.

ETE Barra da Tijuca. Foto: CEDAE (2O22)/Reprodução

A ETE recebe o esgoto in natura de cinco estações elevatórias e compreende o tratamento preliminar e primário, com sistema para secagem do lodo e tratamento de odor. A etapa preliminar conta com gradeamento e caixa de areia, seguido da decantação como tratamento primário. Para os sólidos gerados, há estruturas para armazenamento temporário, deságue e secagem térmica.

“O projeto básico para melhorias da ETE Barra da Tijuca é um grande desafio para a TPF, pois envolve a otimização da operação de uma das maiores estações de tratamento de esgotos do país, em um prazo de apenas 100 dias.  Por outro lado, é também uma grande oportunidade de expor a um dos mais destacados operadores privados de saneamento básico, a Iguá Saneamento, todo o know-how que a empresa vem acumulando nos últimos anos neste setor, tanto em projetos, quanto em gerenciamento de obras, trazendo soluções inovadoras, como o Plug e o uso de softwares de modelagem hidráulica de última geração, proporcionando assim um atendimento completo ao cliente em todas as etapas de sua concessão”, conta o Gerente de Produto da TPF Engenharia, Marcelo Casiuch.