CCO Zeladoria Urbana

 
Central de Controle Operacional da EMLURB (PE)

Central de Controle Operacional da EMLURB (PE)

 

Manter o Recife limpo é um desafio incessante: resíduos são regularmente recolhidos e varridos na difícil tarefa de manter uma das maiores cidades do Brasil em ordem. Essas atividades, desempenhadas por empresas contratadas pela Prefeitura, configuram uma operação complexa, em que qualquer ineficiência produz impactos financeiros significativos.

Em 2016, com o intuito de tornar a prestação e a fiscalização desses serviços mais eficientes e eficazes, a EMLURB (Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife) contratou a TPF Engenharia para implantar um projeto pioneiro: a Central de Controle Operacional (CCO) de Zeladoria Urbana da EMLURB. A operação do CCO é executada por cerca de 35 profissionais – entre engenheiros, fiscais de campo e técnicos – que processam e analisam diariamente as atividades realizadas por empresas contratadas pela EMLURB.

Números da operação:

  • 400 km de vias varridas diariamente

  • 200 veículos rastreados

  • 2000 profissionais envolvidos na operação

  • + 2.000 toneladas de lixo coletadas todos os dias

  • 1,6 milhões de pessoas atendidas

O conceito de gerenciamento eletrônico do CCO Zeladoria Urbana surgiu a partir da união da expertise em gerenciamento de projetos da TPF Engenharia com recursos de tecnologia da informação: Internet das Coisas (Internet of Things – IoT), geoprocessamento, aplicativos móveis e Business Inteligence – BI. Todos os dias, a equipe do CCO sistematiza informações sobre os serviços de coleta e limpeza urbana: dados da operação são captados por smartphones e sensores em caminhões compactadores e lutocares, transmitidos para um banco de dados e, então, tratados. As análises provenientes deste processo apoiam o planejamento, o monitoramento e a fiscalização da operação dos serviços, além de embasarem a avaliação de trabalhos realizados – inclusive com efeito em medições e sanções administrativas.

Ao longo de 3 anos de contrato, essa fórmula de sucesso aumentou a eficiência da operação da limpeza urbana do Recife em mais de 15%, reduziu seus custos em 6% e tornou atrasos na prestação de serviços de coleta e limpeza praticamente inexistentes. O monitoramento eletrônico da varrição manual (por meio de rastreadores portáteis), iniciativa inédita no país, resultou em grande economia para os cofres públicos.

Iniciativas como o CCO são exemplo do que um projeto de cidade inteligente deve ser: uma iniciativa que eleva a qualidade do serviço prestado à população e aumenta o retorno do poder público sobre os investimentos.

Smart é dar resultado.

Mande um e-mail para smart.city@tpfe.com.br e descubra como podemos levar este conceito inovador até você!