16 de setembro de 2022

TPF realiza ação ‘empresário-sombra’ com jovens em São Paulo

Na última quarta-feira (14), recebemos no escritório da TPF Engenharia em São Paulo os jovens Wesley Henry, Kaue Batista e Petterson Ryan, que participaram da ação Empresário Sombra por Um Dia. Durante uma manhã, eles acompanharam o trabalho das colaboradoras Alana Stamford, Maria Luisa Mestrener e Selma Granata.

Esses jovens são assistidos por programas sociais da ABCD Nossa Casa, mais nova organização parceira da TPF. A ABCD Nossa Casa – Associação Beneficente à Criança Desamparada “Nossa Casa”, é uma sociedade civil sem fins lucrativos, com objetivo de amparar, proteger e educar crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

Atualmente, a organização atende 350 crianças em projetos e estende apoio a 252 famílias. São mais de 1000 beneficiários, residentes nas Comunidades do Gato, Do Moinho e das Ocupações ao redor do bairro do Bom Retiro, em São Paulo. Através de projetos socioeducativos, culturais, esportivos e sociais, a ABCD Nossa Casa possibilita a integração das crianças e adolescentes à sociedade.

    O encontro na TPF contou com conversas sobre o processo de escolha da futura profissão dos jovens, e também da atuação da empresa. Foi apresentado o escritório, a estrutura organizacional, os principais players e o mapa de atuação da TPF no Brasil e no mundo. Participaram de reuniões internas, reuniões com clientes e até do encontro sobre a tecnologia BIM com a subsidiária de Portugal, a TPF Consultores.

    “Foi um momento super interessante para todos nós! Recebemos o retorno de que eles gostaram bastante, que chegaram contando a todos como foi e que um deles comentou que quer ser engenheiro agora, uma satisfação enorme!”, contou a gerente de produto Alana Stamford.

    Receber os meninos para o projeto sombra foi uma experiência muito boa. Fiquei muito feliz com os comentários dos meninos, dizendo que tinham gostado muito da visita, que era bem diferente do que eles imaginavam, além dos sorrisos e risadas. Para mim o projeto também foi de muito aprendizado. Foi um grande prazer poder compartilhar um pouco da minha rotina na empresa, minha formação, explicar o que é a TPF e do nosso ambiente de trabalho. Oportunidades como essas nos fazem parar e pensar, sair do automático e enxergar a importância da nossa empresa, do nosso trabalho e de ações como essas na nossa sociedade. Agradeço o convite para a conversa com os meninos e ter vivido essa troca tão rica. Espero que seja de grande valor para eles no futuro.

    Maria Luisa Mestrener